Influência do plasma rico em plaquetas quando uilizado associado a tecnica da distrção osteogênica: estudo em humanos

dc.contributor.authorMenezes, Diogo José Barreto de
dc.date.accessioned2023-05-22T17:08:59Z
dc.date.available2023-05-22T17:08:59Z
dc.date.issued2006
dc.description.abstractOs objetivos deste trabalho foram avaliar se a associação do plasma rico em plaquetas à técnica da distração osteogênica alveolar: a) é capaz de melhorar a eficiência da técnica; b) minimiza o risco de infecção e o de exposição da placa do distratar; c) difere em relação ao padrão de reabsorção na crista óssea do segmento de transporte, e, além disso, estudar a correlação do índice de placa (IP) e índice de inflamação gengival (IG) com a reabsorção na crista óssea do segmento de transporte. Participaram do estudo 14 (quatorze) pacientes, que foram distribuídos em dois grupos: 07 (sete) pacientes receberam o plasma rico em plaquetas (grupo teste) e os outros 07 (sete) pacientes não o receberam (grupo controle). O plasma rico em plaquetas foi colocado sobre as placas e torre do distratar, revestindo toda a ferida cirúrgica. Quanto à eficiência da técnica, não houve diferença significativa entre os grupos teste e controle. Sinais de infecção localizada foram encontrados em 04 (quatro) casos, 02 (dois) no grupo teste e 02 (dois) no grupo controle. Exposição da placa do distratar ocorreu em 04 (quatro) casos no grupo controle e em 01 (um) caso no grupo teste. A reabsorção na crista óssea do segmento de transporte, em ambos os grupos, nos períodos de ativação (RCAa), consolidação (RCAc) e perda óssea total (RCAt), não apresentou diferença significativa entre os grupos analisados. Forte correlação positiva foi encontrada entre a média IG e RCAt, enquanto correlação moderada foi observada entre a média IP e RCAt. De acordo com os resultados deste trabalho, pôde-se concluir que a adição do plasma rico em plaquetas: não melhorou a eficiência da técnica; não reduziu o risco de infecção; minimizou a exposição da placa do distratar; não alterou o padrão de perda óssea do segmento de transporte e, além disso, o aumento do índice de placa (IP) e do índice de inflamação gengival (IG) elevou a possibilidade de reabsorção óssea da crista óssea do segmento de transporte no período de ativação e consolidação.
dc.identifier.citationMENEZES, D. J. B. Influência do plasma rico em plaquetas quando uilizado associado a tecnica da distrção osteogênica: estudo em humanos. 2006. Dissertação (Mestrado em Odontologia) — Universidade Santo Amaro, São Paulo, 2006.
dc.identifier.urihttp://dspace.unisa.br/handle/123456789/1293
dc.language.isopt
dc.publisherUNISA
dc.subjectOsteogênese por distraçãopt
dc.subjectImplantes dentáriospt
dc.subjectPlasma rico em plaquetaspt
dc.titleInfluência do plasma rico em plaquetas quando uilizado associado a tecnica da distrção osteogênica: estudo em humanos
dc.typeDissertaçãopt
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Imagem de Miniatura
Nome:
Influência do plasma rico em plaquetas quando uilizado associado a tecnica da distrção osteogênica estudo em humanos.pdf
Tamanho:
10.98 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Item-specific license agreed to upon submission
Descrição: