Parestesia do nervo alveolar inferior relacionado aos 3º molares

Imagem de Miniatura
Data
2018
Autores
Cassiano D. S.
Jesus, F. S. C.
Pimentel, A. C.
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Editor
UNISA
Resumo
A remoção cirúrgica dos terceiros molares impactados é um dos procedimentos mais comuns realizados na clínica odontológica,e algumas vezes, está associada a presença de sintomatologia dolorosa, edema e disfunção que podem ser transitórias ou permanentes. Entre os acidentes e complicações mais comuns encontram-se as hemorragias, alveolites, dor, edema, trismo, injúrias ao nervoalveolarinferior(NAI), injúrias em dentes adjacentes, fratura óssea da tuberosidademaxilare/oudamandíbula, comunicações buco-sinusais, problemas periodontais em dentes adjacentes e deslocamento de dentes para regiões anatômicas nobres (MoorePAetal.,2005;Geraldoetal.,2017;SinghKetal.,2018). A posição anatômica dos 3º molares na arcada podem ter angulações: vertical, horizontal, mesio-angular, disto–angulare, assim podem resultar em parestesia (condição localizada de insensibilização da região inervada pelo nervo em questão,que ocorre quando se provoca alesão dos nervos sensitivos) e incômodo ao paciente.
Descrição
Palavras-chave
Citação
Coleções