Lollapalooza versus Bienal Internacional do Livro na Folha De S. Paulo: uma análise jornalística do caderno ilustrada entre os anos de 2016 e 2018

Imagem de Miniatura
Data
2019
Autores
Basílio, Paula Mirabelli Carvalho
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Editor
UNISA
Resumo
Esta monografia analisa de forma comparativa as reportagens sobre o festival de música Lollapalooza e a Bienal Internacional do Livro de São Paulo entre os anos de 2016 e 2018 no caderno Ilustrada, do jornal Folha de S. Paulo. O objetivo é estimular uma reflexão sobre a prática do jornalismo cultural, além de investigar as práticas jornalísticas adotadas por meio da teoria da Análise de Discurso, que explora a elaboração de um texto através das construções ideológicas, com os elementos de Linguagem, Ideologia, Sujeito e História. Para a construção da investigação, o trabalho aborda o contexto histórico do jornalismo, práticas profissionais e o desenvolvimento do jornalismo cultural, bem como a definição de cultura no âmbito sociológico. Em seguida, é realizado um estudo sobre a crise de identidade do jornalista cultural, com aprofundamento na Indústria Cultural, situando a sociedade capitalista e o efeito da globalização. Por fim, a análise se sustenta na construção ideológica das matérias presentes no corpo da monografia, com a utilização da Análise de Discurso.
Descrição
Palavras-chave
Jornalismo Cultural., Indústria Cultural, Análise de Discurso, Jornal
Citação
BASÍLIO, Paula Mirabelli Carvalho. Lollapalooza versus Bienal Internacional do Livro na Folha De S. Paulo: uma análise jornalística do caderno ilustrada entre os anos de 2016 e 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Comunicação Social: Jornalismo) — Universidade Santo Amaro, São Paulo: 2019.