Diversidade, isolamento e filogenia de parasitas do gênero trypanosoma em vertebrados silvestres da reserva extrativista Tapajós Arapiuns no estado do Pará.

dc.contributor.authorSzpeiter, Bruno Bernal
dc.date.accessioned2023-05-22T18:52:25Z
dc.date.available2023-05-22T18:52:25Z
dc.date.issued2017
dc.description.abstractAs espécies do gênero Trypanosoma parasitam vertebrados de todas as classes (peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos) e possuem ciclos de vida com alternância entre vertebrados e invertebrados. A maioria das espécies se desenvolve em artrópodes hematófagos, que podem pertencer a diversas ordens e famílias. Os tripanossomas circulam no ambiente silvestre como enzootias, associados com os hospedeiros e seus respetivos ecótopos. A maioria das espécies não patogênica, T. cruzi é a única espécie patogênica para o homem nas Américas. Estudos realizados com algumas espécies de tripanossomas apontam uma grande complexidade do ciclo silvestre em biomas. Ressalta-se o fato que existem poucos trabalhos realizados no estado do Pará em animais silvestres. Até o momento, poucos estudos avaliaram os pequenos mamíferos terrestres e morcegos como reservatórios silvestres destes parasitas neste estado, com ausência de estudos com outros grupos de vertebrados. O presente projeto teve como objetivo principal, o conhecimento da diversidade de parasitas do gênero Trypanosoma em animais silvestres da Reserva Extrativista Tapajós Arapiuns no estado do Pará através do isolamento, caracterização molecular e estudos filogenéticos com marcadores tradicionais utilizados para o grupo. Foram capturados 111 morcegos pertencentes a 11 espécies e 9% estavam positivos para parasitas com morfologia do gênero Trypanosoma e todas as culturas positivas foram criopreservadas. A filogenia baseada na região V7V8 SSUrDNA identificaram a presença de T. cruzi marinkellei e T. dionisii nos morcegos da Reserva.
dc.identifier.citationSZPEITER, B. B. Diversidade, isolamento e filogenia de parasitas do gênero trypanosoma em vertebrados silvestres da reserva extrativista Tapajós Arapiuns no estado do Pará. 2017. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) — Universidade Santo Amaro, São Paulo, 2017.
dc.identifier.urihttp://dspace.unisa.br/handle/123456789/1307
dc.language.isopt
dc.publisherUNISA
dc.subjectTrypanosomapt
dc.subjectFilogeniapt
dc.subjectMorcegospt
dc.titleDiversidade, isolamento e filogenia de parasitas do gênero trypanosoma em vertebrados silvestres da reserva extrativista Tapajós Arapiuns no estado do Pará.
dc.typeDissertaçãopt
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Imagem de Miniatura
Nome:
Diversidade, isolamento e filogenia de parasitas do Gênero trypanosoma em vertebrados silvestres da Reserva extrativista Tapajós Arapiuns no estado do Pará.pdf
Tamanho:
475.81 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Item-specific license agreed to upon submission
Descrição: