Avaliação biométrica do efeito da rhbmp-2 no ganho ósseo vertical em enxertos xenógenos fixados em tíbia de coelhos

Imagem de Miniatura
Data
2013
Autores
Contador, Guilherme Pirágine
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Editor
UNISA
Resumo
A proteína óssea morfogenética recombinante humana tipo 2 (rhBMP-2- Infuse®) tem demonstrado resultados promissores em promover a regeneração do tecido ósseo no campo da Medicina e Odontologia quando associados à membrana de colágeno. Este estudo teve por objetivo avaliar o crescimento ósseo vertical dos enxertos xenógenos em forma de blocos fixados em tíbia de coelhos, com e sem rhBMP-2. Foram utilizados 20 coelhos da raça Nova Zelândia, fêmeas, pesando entre 3,5 a 4kg, que foram divididas em quatro grupos: blocos sem membranas associados a rhBMP-2, blocos com membranas associados rhBMP-2, blocos sem membrana e sem rhBMP-2 e blocos com membrana e sem rhBMP-2. Cada tíbia recebeu dois blocos retangulares fixados por um parafuso faceado ao bloco que foram mensurados em milímetros com paquímetro centesimal após sua fixação. Após três meses, os animais foram submetidos à eutanásia e os blocos foram novamente mensurados. Os dados foram analisados utilizando Kruskal-Wallis Tukey (α=0,05). A análise estatística revelou que a interação entre os fatores rhBMP-2 e membrana não foi significante (p=0,114). Analisando os fatores de forma individual, os grupos sem membrana (2,38 ±1,08) apresentaram a média de crescimento ósseo maior que os grupos com membrana (1,72 ±1,51) (p<0,001). Os grupos com rhBMP-2 (2,70±1,50) apresentaram a média de crescimento ósseo maior que os grupos sem rhBMP-2 (1,43±0,78) (p=0,039). Concluímos que a utilização de rhBMP-2 resultou num maior crescimento ósseo, enquanto a utilização de membrana resultou em menor crescimento ósseo.
Descrição
Palavras-chave
Osso e ossos, Implantes dentários, Proteína morfogenética óssea
Citação
CONTADOR, Guilherme Pirágine. Avaliação biométrica do efeito da rhbmp-2 no ganho ósseo vertical em enxertos xenógenos fixados em tíbia de coelhos. 2013. Dissertação (Mestrado em Odontologia) — Universidade Santo Amaro, São Paulo, 2013.