Estudo comparativo de dois materiais de moldagem para obtenção de modelos de trabalho utilizados na transferência de implantes osseointegrados

Resumo
Erros na confecção de uma prótese implanto-suportada parecem quase inevitáveis em razão das diversas etapas envolvidas no procedimento. Entretanto, como primeiro passo na elaboração de uma supra-estrutura protética para implantes, a execução de uma moldagem confiável e a escolha do material de moldagem é de fundamental importância para minimizar tais erros e evitar a necessidade de correções futuras. Com base nas informações coletadas na literatura foi realizado um estudo com objetivo de avaliar a precisão de dois materiais de moldagem, utilizando a técnica de transferência direta com transferentes quadrados unidos com barra de resina Duralay. Todos os implantes e componentes protéticos utilizados foram da empresa Conexão (Conexão Sistemas de Prótese) e os materiais de moldagem foram da 3M (3M ESPE – Seefeld - Alemanha). Foi construído um modelo mestre de resina epóxica simulando um arco inferior totalmente desdentado onde se fixaram 4 implantes hexágono externo 3,75mm x 11,5mm. Para as moldagens foram confeccionadas 10 moldeiras individuais de resina acrílica com 2mm de alívio, sendo 5 para moldagem com silicone por adição e 5 para poliéter. Para o preenchimento dos moldes foi utilizada a técnica dos tubos de silicone. O gesso de escolha foi o resinoso do tipo IV (Resin Rocket), obtendo-se um total de dez modelos, sendo 5 para poliéter e 5 para silicone por adição. Tanto o modelo mestre quanto os modelos de silicone por adição e poliéter foram submetidos à leitura das distâncias entre os parafusos dos transferentes pelo programa (Leica Qwin 550) que recebia as imagens de uma câmera 3 CCD Sony XC 003P fixada na macroviewer KAISER e ligada no monitor. Os resultados foram submetidos a testes estatísticos ANOVA e Tukey-Kramer, onde se pode concluir que tanto o silicone por adição quanto o poliéter, produziram modelos de trabalho com alterações dimensionais estatisticamente significantes quando comparados com o modelo mestre. Os modelos de silicone por adição apresentaram uma menor alteração dimensional do que os modelos de poliéter em relação ao modelo mestre.
Descrição
Palavras-chave
Implantes dentários, Ósseointegração, Prótese dentária
Citação
CRUZ, R. L. Estudo comparativo de dois materiais de moldagem para obtenção de modelos de trabalho utilizados na transferência de implantes osseointegrados. 2009. Dissertação (Mestrado em Odontologia) — Universidade Santo Amaro, São Paulo, 2009.