DSpace Repository

Leptospirose canina em populações assintomáticas do estado de São Paulo.

Show simple item record

dc.contributor.author Reis, Eduardo Alberto dos
dc.date.accessioned 2021-06-02T19:53:38Z
dc.date.available 2021-06-02T19:53:38Z
dc.date.issued 2020-12
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/123456789/607
dc.description.abstract A leptospirose é uma enfermidade infecto-contagiosa que pode acometer os animais e o homem. Possui distribuição mundial e é mais prevalente em regiões tropicais devido a características sócio-ambientais. Devido ao intenso convívio com o ser humano, os cães podem servir como sentinelas da contaminação ambiental. Esse trabalho teve como objetivo investigar a frequência de leptospirose canina em populações assintomáticas do Estado de São Paulo. Para isso foram analisadas através da técnica de soroaglutinação microscópica (SAM), 572 amostras provenientes de cães assintomáticos dos municípios de Apiaí, Cananeia, Itapeva e Itu por amostragem de conveniência. Em Apiaí, foram encontrados 40,5% dos animais reagentes para Leptospiraspp., em Itapeva,42,6% , em Cananeia 7,69% e em Itu, 5,05%. Em todos os municípios estudado foi possível encontrar pelo menos 1 animal com infecção ativa para os sorogrupos Canicola e/ou Icterohaemorrhagiae. pt_BR
dc.subject Leptospirose, soroprevalência, cães, sentinela pt_BR
dc.title Leptospirose canina em populações assintomáticas do estado de São Paulo. pt_BR
dc.type Working Paper pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account