DSpace Repository

Relação do estresse cirúrgico com os parâmetros cardiocirculatórios e níveis de cortisol e catecolaminas endógenas na instalação de implantes orais, com e sem sedação enteral

Show simple item record

dc.contributor.author Hanser, João Zucchini
dc.date.issued 2007
dc.description.abstract Na odontologia moderna é imprescindível controlar a dor e a ansiedade, visando o maior bem estar possível do paciente e aumentar a segurança na execução dos procedimentos. Este estudo avaliou a relação entre o estresse causado em procedimentos cirúrgicos para instalação de implantes orais ,com parâmetros cardiocirculatórios e os níveis de cortisol e catecolaminas, comparando pacientes com e sem sedação enteral . Dez pacientes, com ausência de dois elementos dentários, com idade variando entre 33 e 57 anos, normotensos, foram submetidos a duas cirurgias cada, para colocação de implantes na maxila ou mandíbula com carregamento imediato. Os sujeitos foram divididos em dois grupos cirúrgicos, (P) sob ação de Placebo e (M) sob ação de Midazolam 15 mg via oral , ambos com anestesia local infiltrativa em teste duplo cego. Os parâmetros cardiocirculatórios foram medidos em 1 O tomadas distintas de tempo. As amostras de sangue para análise do cortisol e das catecolamidas endógenas foram obtidas em 3 dos 1 O tempos. Não foram verificadas alterações significativas nos parâmetros cardiocirculatórios durante as cirurgias nos dois grupos. No entanto, quando comparados entre si os grupos apresentaram diferenças estatisticamente significativas nos parâmetros estudados, em 4 dos 1 O tempos e nos níveis séricos de cortisol , epinefrina, norepinefrina e dopamina também. pt_BR
dc.subject Implantodontia pt_BR
dc.title Relação do estresse cirúrgico com os parâmetros cardiocirculatórios e níveis de cortisol e catecolaminas endógenas na instalação de implantes orais, com e sem sedação enteral pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account