Repositório Institucional

Estudo retrospectivo dos aspectos radiográficos e ultrassonográficos de morte e retenção fetal em pequenos animais

Mostrar registro simples

dc.contributor.author Santos, Caio Victor Silvestre
dc.date.accessioned 2018-09-28T17:19:17Z
dc.date.available 2018-09-28T17:19:17Z
dc.date.issued 2017-11
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/123456789/245
dc.description.abstract O sistema reprodutor é de alta importância na medicina veterinária, seja em função de criadouros ou tutores, sendo estudado e avaliado constantemente. Diversas afecções podem acometê-lo, entre elas: infecciosas, congênitas, degenerativas, neoplásicas ou inflamatórias. Os métodos de diagnóstico por imagens difundidos na rotina dos hospitais veterinários são de grande auxílio quando se trata da avaliação e determinação do prognóstico de cada caso. Estes exames, ultrassonográficos e radiográficos, comportam-se de maneira prática, não invasiva e, principalmente, acessível ao público brasileiro. O trabalho teve como finalidade avaliar a contribuição destas duas técnicas de diagnóstico por imagem na morte e retenção fetal em pequenos animais. O objetivo inicial foi a coleta de dados no arquivo do setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário da Universidade Santo Amaro, assim como a discussão e avaliação dos laudos ultrassonográficos e radiográficos com a professora orientadora. Os resultados obtidos mostraram que o ultrassom auxilia na avaliação da viabilidade e conformação fetal. Já a radiografia é o melhor método para a contagem fetal, além de mostrar com uma maior facilidade coleções gasosas em útero e/ou feto, quando presentes na morte fetal. Observou-se também a capacidade destes dois métodos em diferenciar os três tipos de consequência da morte fetal, mumificação, maceração e putrefação. Outra análise conclusiva pelo trabalho foi a diferença quantitativa das espécies atendidas com suspeita de morte e retenção fetal e a desigualdade em relação à faixa etária entre as duas espécies, foi observado que as cadelas são mais propicias a morte e retenção fetal em uma idade mais avançada, quando comparada às gatas. pt_BR
dc.subject Diagnóstico por imagem pt_BR
dc.subject Reprodução animal pt_BR
dc.subject Gestação animal pt_BR
dc.subject Morte fetal pt_BR
dc.title Estudo retrospectivo dos aspectos radiográficos e ultrassonográficos de morte e retenção fetal em pequenos animais pt_BR
dc.type Working Paper pt_BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta